Diferença entre SEO e SEM

Sabe qual é a diferença entre SEO e SEM? Ou o que significa estas siglas? Se as respostas foram “não”, fique tranquilo! Aqui explicaremos tudo isso e muito mais.

Uma das principais estratégias de Marketing Digital e que irá, eventualmente, atrair novas marcas e ampliar seu negócio é a otimização de pesquisas. Para quem “olha de longe” pode até achar que SEM e SEO são coisas iguais. Mas isto é um ledo engano.

SEARCH MARKETING

Antes de mais nada, temos as seguintes questões. Já pensou em ter seus links ou sites nas primeiras páginas dos mecanismos de busca? E, sobretudo, chamar atenção de futuros clientes e outros modelos de negócio online? Isso é Search Marketing!

A princípio, temos duas categorias principais neste caso:

  • SEM: plano de estratégia que utiliza campanhas pagas para aparecer nas pesquisas;
  • SEO: plano de estratégia gratuita e orgânica para aparecer nas pesquisas.

No decorrer do tempo, ambas ganharam características próprias e evoluíram drasticamente. Com este cenário, tenha o feeling de que seus clientes poderão conhecer o SEM ou o SEO por diferentes nomenclaturas. Para que não haja desentendimentos, faça uma reunião e garanta que, tanto um quanto outro, estão seguindo na mesma linha de raciocínio.

O QUE É SEM?

Search Engine Marketing (Marketing de Mecanismo de Buscas) deve, sobretudo, conter configurações e otimizações específicas. Isso fará que os anúncios atinjam grupos corretos de internautas. O orçamento disponibilizado para tais anúncios também precisará ser inserido – isto é conhecido como pay-per-click (PPC).

Sabe qual é a diferença entre SEO e SEM?

Para a criação de campanhas no Google Ads, o site de buscas mais utilizado no mundo, pede-se palavras chave para os serviços ou produtos relacionados à sua marca. O anúncio ficará disponibilizado ou na parte superior ou na inferior da página e a cobrança será feita apenas se clicarem neste link.

O QUE É SEO?

Diferentemente do SEM, o SEO (Search Engine Optimization) utiliza diversas táticas para que o anúncio se mantenha nas primeiras páginas dos sites de busca.

Sabe qual é a diferença entre SEO e SEM?

Dentre as centenas de opções, listaremos três que são as mais funcionais e utilizadas:

  • Otimização de cada página: a otimização de cada página é necessária. Neste caso, temos mais chances do site aparecer nas primeiras colocações nos mecanismos de pesquisa. Estratégias como palavras-chave e criação de conteúdo serão necessárias.
  • Otimização de elementos sem conteúdo: você deve estar se perguntando: “sem conteúdo… Como assim?”. Calma que explico. Relacionado à questão de velocidade do site, segurança, dados estruturados e outros. Tudo isso deixa a experiência do usuário melhor e, com isso, ganha classificações mais altas no Google, por exemplo.
  • Otimização fora da página: neste caso usa-se técnicas como backlinks e perfis de diretório para conectar o seu conteúdo a sites reconhecidos.

Lembrando que é fundamental mesclar diversos planos como estes para os resultados positivos aumentarem.

SIMILARIDADES DE SEM E SEO

  • Os dois modelos ajudam marcas, links e sites, no que se refere aos destaque nos resultados das pesquisas dos mecanismos de busca;
  • Visibilidade e direcionamento, estas são outras similaridades. Pois além do destaque referenciado no item anterior, é interessante fazer o usuário clicar no conteúdo;
  • Em ambos os casos você precisará conhecer seu público e, consequentemente, suas necessidades e o que procuram. Desta forma será mais prático criar conteúdos com excelência relacionados à sua marca;
  • A palavra-chave tem muita importância e vale verificar a popularidade e a concorrência desta que você escolherá;
  • Além da escolha, a palavra-chave precisa ter boa segmentação, identificadas durante a pesquisa das mesmas;
  • Monitore e otimize continuamente seus conteúdos para amplificar o desempenho.

DIFERENÇA ENTRE SEO E SEM

  • Normalmente as práticas de SEM são identificados como “anúncio”, diferentemente do SEO, que não conta com esta marcação;
  • Num SEM, caso seja pertinente, terá links adicionais, telefones e frases de destaque. No SEO aparecerão apenas trechos relacionados à pesquisa feita;
  • Os gastos serão obrigatórios em um SEM, mas só quando alguém clica no resultado, ou seja, a empresa precisará inserir um orçamento. Na pesquisa orgânica não há valores que devam ser adicionados;
  • Determinar o público que será atingido é opção encontrada apenas no SEM. Filtros como idade, localização, renda e outros podem ser configurados;
  • O tempo é outro diferencial, pois assim que as campanhas pagas são lançadas, os mecanismos a exibem. Com o SEO pode levar meses e, por vezes, tais links nem aparecem nas primeiras páginas;
  • A ativação e desativação dos anúncios SEM são fundamentais, pois há flexibilidade para alterar os textos ou utilizar novas táticas para outros públicos. E com o SEO é impossível fazê-lo;
  • No SEO os resultados são duradouros e aumentam com o tempo, no SEM isso ocorrerá apenas se o pagamento for efetuado;
  • Aparecendo na primeira página em sites de mecanismos de busca com o SEO, as chances crescem de conseguir desempenho melhor que os SEM.

MAS QUAL O MELHOR?

Isso dependerá dos seus estudos referentes a estas táticas e do seu orçamento. Mas é interessante verificar as estratégias de seus concorrentes e se perguntar: “quais palavras-chave dão bons ranqueamentos para eles?” ou “quais termos pagos estão recorrendo?”. Utilize-as também e procure lacunas que possa preencher.

  • Já conhece seus concorrentes e sabe o que seus clientes buscam? Prefira uma estratégia em SEO de médio e longo prazo. Caso contrário (e para ter mais controle referente aos seus anúncios) não perca tempo e utilize o SEM;
  • O SEM vale quando seus produtos e serviços tiverem ciclo de compra curto. Mas se os clientes precisarão pesquisar por vários meses, mude a estratégia;
  • Analise seu orçamento e os custos por clique. Se for alto demais, a melhor opção é o SEO;
  • Seu negócio é novo? Então comece construindo a estratégia SEO e foque, em determinados momentos, num investimento em SEM.

Há plug-ins que te ajudarão a fazer análises completas de suas campanhas gratuitas e são bastante intuitivos.

Se ouvir que existe fórmula mágica, desconfie e tenha a certeza de que tudo isso é uma mescla de muito trabalho, profissionalismo e vários outros fatores a serem analisados.

E agora, entendeu de forma mais eficiente a diferença entre SEO e SEM? Comente com a gente e qualquer dúvida, estaremos à disposição para atendê-los.

fonte: Alexa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *